Fazendo a diferença em nossa geração


"Jovens, eu vos escrevi porque sois fortes, a palavra de Deus está em vós e tendes vencido o maligno." - I João 2.14b (ARA)

Em nossa geração, temos visto as maiores barbáries cometidas pela raça humana. Como nos alerta a palavra de Deus, estamos à beira dos tempos finais. Dia-a-dia somos bombardeados pelo mundo (sistema) que nos oprime e exige que sejamos à sua maneira, mas como jovens, como igreja de Cristo, não podemos nos sujeitar a este mundo que jaz no maligno. Então, como sobreviver a tudo isso sem se contaminar? Como ser diferente numa sociedade tão deturpada?

Com a invasão do Império Romano a Jerusalém em 70 d.C., muitos crentes foram separados de suas famílias, comunidades e passaram a ter como referencial uma sociedade desestabilizada espiritual e moralmente. Jerusalém fora destruída e os judeus foram dispersos pelo mundo. Em meados do ano 90 d.C, João, inspirado pelo Espírito Santo escreve aos crentes da época encorajando-os a permanecerem em Cristo e não seguirem o mundo, guardando seus valores cristãos. Nesses dias, passamos pela mesma situação, como jovens crentes em Cristo, porém, em nossos tempos não somos oprimidos somente pela sociedade romana, mas o mundo todo conspira contra os valores de Cristo. Como sobreviver, portanto, nessa “batalha social” e sermos bem sucedidos em nossas vidas espirituais?

Aproveitando esse versículo tão citado para e por entre os jovens podemos observar três pontos para uma vida cristã bem sucedida diante de uma sociedade tão opressora como a nossa.

1. No início da segunda parte do versículo, a palavra nos afirma “que somos fortes”...

Nesse pequeno trecho podemos entender que para sermos bem sucedidos temos que ser fortes!

Os jovens crentes em sua maioria são fracos espiritualmente porque não buscam fortaleza em Deus. Ao invés disso preferem ocupar seu tempo em coisas que não lhes trarão nenhum benefício espiritual como: celular, TV, internet (sites pornô, etc.). Para outros, buscar a Deus é motivo de vergonha, pois ter intimidade com o Senhor o torna “careta” diante dos “amigos”.

Para sermos realmente fortes, temos que buscar em Deus nossa fortaleza, tê-Lo em primeiro lugar em nossas vidas, para que sejamos como uma casa edificada sobre a rocha ou uma árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo, pois assim as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. (Salmo 1 v.3)

2. –“... a palavra de Deus está em vós...” Nessa parte do versículo, podemos perceber que para sermos bem sucedidos em nossa vida espiritual precisamos ter A palavra de Deus em nós!

Lembro-me de um antigo cântico que dizia: “O bom cristão, tem a bíblia na mão, tem a bíblia na mente e no coração...

O que mais vemos hoje em dia são crentes que não tem uma experiência consistente com Deus porque não "mergulham” na meditação das Escrituras, antes preferem “nadar no raso”! Infelizmente somente 50% dos nossos pastores já leram a Bíblia completa, de Gênesis a Apocalipse.

A própria palavra de Deus tem muitas referências que comprovam que para sermos bem sucedidos temos que ler, viver e tê-la como nosso único referencial de fé e prática. Para fugir das tentações, do pecado, e sabermos como andar, temos que ter um caminho iluminado, assim como o salmista cita no Salmo 119.105: “Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.” A palavra do Senhor tem que estar em nossos corações para vencermos este mundo.

3. E por último, mas não menos importante... “Tendes vencido o maligno.

No último verso desse versículo, podemos perceber que para sermos bem sucedidos, temos que vencer o maligno constantemente. Essa ideia de continuidade nos remete a outro versículo que se encontra em Tiago 4.3b: “resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”. Esta é uma receita infalível para obter sucesso em nossa jornada cristã. O mundo está cheio de atrativos perigosos, que a uma primeira vista são inofensivos, mas que logo após se mostram ameaçadores (Pv 14.12)! O inimigo sempre nos tenta, afinal ele está em nosso derredor, mas nós que erramos ao ceder as suas tentações.

Somos mais que vencedores em Cristo Jesus, mas travamos uma batalha diária contra a nossa natureza pecaminosa, os principados e as potestades, e só venceremos a todos estes inimigos se nos mantivermos junto ao Senhor, com um relacionamento de sujeição, intimidade e sinceridade com Ele.

Então queridos, se quiserem vencer a batalha contra esse mundo, serem bem sucedidos e fazerem a diferença em sua geração... Vigiem e orem! Sejam fortes! E louvem a Deus com seu testemunho!

Que Deus nos abençoe!

Pr. Luan Almeida (2010)

Comentários